As autoridades do Chile anunciaram nesta quarta-feira (17) uma série de medidas para restringir ainda mais os movimentos na capital Santiago e fortalecer as quarentenas em vigor no país, em meio a um aumento sustentado das infecções pelo novo coronavírus.

O Chile registrou até o momento 220.628 infecções e 3.615 mortes devido à pandemia, informaram autoridades do Ministério da Saúde na divulgação dos números diários sobre o avanço da Covid-19 no país.

“Foi tomada a decisão de restringir as permissões o máximo possível. Ou seja, as pessoas só poderão sair duas vezes por semana para realizar procedimentos essenciais e excepcionais”, disse a subsecretária do Interior, Katherine Martorell.

Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui