O Ministério da Educação e o irmão de Abraham Weintraub, Arthur Weintraub, confirmaram que ele desembarcou nos Estados Unidos neste sábado. A exoneração de Weintraub do cargo foi publicada no Diário Oficial pouco após seu desembarque. Segundo a ‘Folha’, Weintraub, como ministro, obteve passaporte diplomático, mas não não há informações se utilizou o documento na viagem aos EUA.

O ex-ministro da educação está sendo perseguido pelo STF por declarações em reunião ministerial vazada pela própria corte, em que tece críticas aos ministros. Até pedido de prisão foi feito pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) ao STF.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui